SP registra aumento de pacientes com Covid-19 em UTIs e governo diz que vai endurecer quarentena

Número de internados em UTI com Covid-19 chegou a 6.410 no estado, maior valor desde julho de 2020

           

https://www.facebook.com/g1/posts/4933335436718502

- Não voltaremos à vida antiga e nunca houve intenção de voltarmos. A partir do momento que se utiliza a expressão "novo normal" e não "momento excepcional ocasionado por essa doença", se vê claramente que, desde o início disso tudo, houve um interesse em provocar essa mudança definitiva na forma de funcionamento da sociedade, e não de enfrentá-lo como um problema que vai ser resolvido.

- Uma forma da doença (cepa) vai suceder a outra e nunca mais estaremos "seguros". Momentaneamente uma vacina vai ser parcialmente eficaz, mas diante de uma mutação da doença, vai ser preciso outra e outra e outra... assim como a manutenção dessa forma controlada de vida por tempo indefinido, e não temporário como está sendo divulgado para não gerar revolta (até 2022, dizem eles).

- A incapacidade dos governos de responderem da forma utopicamente desejada pelos órgãos de cúpula mundial, como a OMS, vai ser o pretexto ideal para a ascensão de um governo mundial para "controle" das ações contra a doença e suas sucessoras (sim, outras virão).


+