79% dos brasileiros acreditam que a economia será muito afetada pelo coronavírus, aponta Datafolha

Na mesma pesquisa, 57% dos entrevistados responderam que acreditam que sua renda vai diminuir nos próximos meses

           

https://www.facebook.com/g1/posts/3789442684441122

Todos sabem que o fundamento disso é de que os bancos com suas linhas de crédito venham em escala piramidal enriquecer. O trabalhador formal irá sofrer com o desemprego, muitos idosos cujo provém a subsistência de suas famílias irão padecer , vir a óbito pois são os mais vulneráveis e com isso comprometer a estabilidade de familiares. Empresas de pequeno porte sofrerão um calvário para manter a saúde financeira em dia , pois as contas chegarão, duplicatas , empréstimos, salários , impostos... Quando cair a ficha do estrago financeiro e econômico em um país cujo a democracia e a economia são frágeis, talvez essa gripe mostre realmente para o que veio.


Pandemia de coronavirus - A DIGNIDADE E RESPONSABILIDADE DE CADA UM COM O SEU PRÓPRIO POVO

Muitas lideranças ainda insistem que os negócios não podem parar "apenas" por causa de uns milhares de mortos, dentre bilhões no planeta.

"Não sabem" que seriam muitos mais os mortos, não fossem as duras medidas adotadas. Sem falar nos países pobres, que pouco podem fazer para se proteger.

Ninguém estará seguro se os outros não estiverem seguros. E preservar saúde e negócios não deveriam ser preocupações antagônicas, pois é possível conciliar, desde que feito com planejamento e responsabilidade, não com "achismos" de leigos em Saúde Pública. Ou pior, com brigas, intrigas e disputas políticas.

Gripe Espanhola: 50 milhões de mortos, 650 mil só nos EUA. Não se pode pagar para ver se o Covid-19 chegaria a este ponto, ainda mais que hoje temos muito mais meios para evitar.

Basta uma centelha para tudo ir pelos ares, negócios, economias e milhões de vidas, não "apenas" milhares.

Uma pandemia não é só uma gripezinha: pode provocar certos comportamentos em massa e também testar os limites do sistema de saúde. Pode causar inclusive outras epidemias (de queimados por álcool, de doenças causadas por medicamentos, etc.) e tudo sai do controle, das doenças à economia e as guerras. Desdobramentos imprevisíveis. Um mini laboratório é o Haiti: a calamidade do terremoto foi a faísca. Basta projetar o que ocorreu lá para os continentes, em escala global. Até hoje o Haiti não se levantou.

A resiliência dos países tem limite, mesmo dos países ricos. Não convém testar esses limites, com a incredulidade ou mesmo o cinismo de alguns.

Além do mais, que tipo de gente subestima a morte de alguns milhares de velhinhos, eles que investiram, construíram, deram suas forças e até muitas vidas pelo legado que hoje todos desfrutamos?

A batalha de Dunkirk na II Guerra Mundial é um exemplo de decência e humanidade. Até civis ingleses deixaram a segurança em que estavam para salvar milhares de soldados encurralados pelos nazistas, nas linhas de frente. Soldados esses que davam suas vidas para garantir a segurança daqueles que estavam longe das linhas de frente. Definitivamente, ali consolidou-se a dignidade de um povo. Na hora de salvar vidas ninguém pegou uma calculadora para estimar os prejuízos econômicos.

Finalmente, sim, em algum momento precisaremos reduzir as duras medidas de hoje. Que seja o quanto antes. Mas primeiro é preciso saber onde realmente estão os doentes, com muitos mais testes de diagnóstico do que o Brasil faz atualmente. Relaxar medidas sem que antes seja feito isso é lançar-se em um vôo no escuro, num Brasil continental que testa muito menos pessoas suspeitas de Covid-19 do que uma Itália ou Coréia do Sul.

P.s.
A propósito, morreu um padre italiano que cedeu o respirador que fora comprado para ele, para que fosse usado por um jovem. Enquanto uns sem sequer questionar dão a própria vida para salvar outras - o sacrifício máximo no Cristianismo -, outros fazem contas para questionar se é melhor salvar vidas ou a economia - quando é possível salvar ambos, cada um a seu próprio tempo.


Errado G1 a economia não será afetada pelo covid19 mas sim pelos governadores que esta o lutando para tirar a força um presidente eleito!! Dorian disse q está fazendo tudo pelo povo mas já perceberam q só os empresários q pagam o simples Nacional foram fechados por Dorian!!!? Pq Dorian não baixou o ICMS o IPTU o IPVA e os pedágios???? Pq todos esses geram impostos estaduais. Doriam está quebrando os impostos federais junto com advogado Alexandre de morais!!
Estão gerando para o governo uma crise fiscal para assim tirar Bolsonaro da presidência ou seja o povo naonesta nos planos de Doriam é sim o poder!!



+