'Incendiário' e 'inacreditável': imprensa europeia analisa pronunciamento de Bolsonaro na TV

Para o jornal espanhol "El País", o presidente está mais preocupado com a briga política com os governadores de São Paulo e Rio de Janeiro do que com os riscos da pandemia

           

https://www.facebook.com/g1/posts/3793234850728572

A pandemia do coronavírus se tornou uma campanha política a parte, e quem tá no meio disso aí? Eu, você, nós!
A fomentação é a mesma! Não se enganem, é disputa antecipada de poder feita em cima da desgraça de quem mais sofre, a população.
Cada um quer tirar o seu da reta e ao mesmo tempo se promover, a mídia enaltece quem eles tem interesse e bombardeia a quem eles consideram como adversário, gera-se em tudo isso o pânico nas pessoas, causa as divisões, os atritos e tudo mais.
O interessante é que esse vírus circula desde novembro do ano passado e fortemente negado e escondido pelo governo chinês. Vocês acham que só agora ele apareceu aqui, porque deixaram pra comentar tudo isso só após o carnaval? Porque existe um interesse político e financeiro que sempre vai estar acima do que a população precisa.
Sou a favor das medidas preventivas, mas o extremismo e o histerismo em especial nessa situação pode quebrar o país, já pensou se todos se insolassem? A primeira coisa que iria faltar era comida, e seria uma estrada aberta pra muitas coisas ruins.
Há pessoas que vivem do dia a dia, não tem empregos, não tem salário, mas tem que fazer o seu todo dia pra poder sobreviver, vamos ter também EMPATIA, vamos nos colocar uma pouco no lugar desse pessoal que não pode parar porque se não o país quebra, e não se enganem, os municípios pequenos serão os primeiros a sentirem isso.
Muita gente vai quebrar se continuar assim, e nas nossas cidades são os pequenos negócios que movimentam a economia local, principalmente o setor primário.
É preciso que tenhamos cuidado, mas é preciso também termos a consciência de que tudo isso além de um preço a ser pago, terá também consequências. (Desemprego, depressão, recessão e etc...)
Que nos abençoe e nos proteja.
Elber Oliveira.


É só lavar as mãos, passar um álcool, lavar as roupas e higienizar o ambiente que ninguém morre não viu? Trabalho não mata, o que mata é a porquice. Acredito que todo mundo sabe o básico de higiene então, larguem mão de ser vadio e de fazer drama na internet e vão ajudar o país que vocês moram. Querem um país melhor, mas não querem lutar, querem que outros lutem no lugar de vocês. Brasileiro sempre joga a culpa no outro. Falam dos políticos, mas quando a polícia faz greve são os primeiros a ir lá saquear lojas. Vocês não são nem um pouco diferentes de político ladrão não, o cambada de hipócritas.


Concodo com a quarentena mas com algumas ressalvas. Tem muitos criticando a volta a rotina, mas é facil falar pois tem o seu sustento garantido. NÃO TEM A TAL DE EMPATIA. Quero ver os que não tem nem pra passar o mês mesmo empregados, ou mesmo autônomos, agora imaginem desempregados... Também defendo que TODOS gupos de risco (idosos, doentes em geral, até mesmo gripados) tem que ficar em casa e o restante tem que fazer a roda girar. Coloquem na cabeça que aqui não é ITALIA, ESPANHA, CHINA OU EUA, onde EXISTEM MUITO, MAS MUITO MAIS RECURSOS FINANCEIROS, em outras palavras SÃO PAÍSES RÍCOS e que não terão o mesmo impacto que aqui com todas essas desigualdades sociais que existem. O preço será altissimo, podem anotar. Deve existir alguma maneira de fazer a roda girar de alguma forma e teremos que descobrir o mais rápido possível.



Há 2 medicinas em atuação: a medicina humana e a "medicina" econômica. O isolamento causa colapso econômico: falta renda de imediato para os informais, salário para o trabalhador e receita para as empresas e governo, isso já está gerando queda ou ausência de renda e mais fome para a população. Sem produzir, faltam os produtos para abastecimento de supermercados, farmácias, hospitais, etc . O presidente postou um vídeo hoje do Japão apresentando isolamento vertical: os idosos e pessoas como comorbidade tentam se proteger ao máximo, enquanto a população ativa (fora da faixa de risco) tenta evitar o colapso econômico e vai sendo gradativamente imunizada. Os EUA vão adotar isso também nos próximos dias.


FATO
A Pandemia vai matar milhares no Brasil;
FATO
O pico da contaminação durará meses;
FATO
País nenhum do mundo, consegue bancar seus cidadãos em casa, sem trabalhar, por meses;
FATO
A oposição fará uso da Crise, para desgastar o Governo.

O que fazer então?
Este é um dilema, que todos Governantes do mundo, enfrentam neste momento. Adotar medidas rigorosas de isolamento e promover uma gravíssima Recessão, ou aliviar a Quarentena, sob o risco do aumento do número de mortes?

Colapso do Sistema de Saúde, ou Colapso da Economia do país?

FATO
As duas situações são extremamente danosas.
FATO
As duas situações trarão caos e mortes.

As decisões a serem tomadas, são difíceis, e encontrar o equilíbrio na dose é a chave.

O q não pode, é a sociedade ficar refém da disputa por Poder, em um momento onde, mais do que nunca, é necessário união para se buscar uma solução.

Para piorar, temos uma mídia, parcial, que não ajuda em nada a população, nem no que é melhor para o país.

NESTE MOMENTO, O DESEMPENHO DE NOSSOS POLITICOS, que historicamente é individualista, corporativista e ideológico, SERÁ TESTADO. A CAPACIDADE DE ENTENDIMENTO EM PROL DO BEM MAIOR DO PAÍS, FÁRA TODA DIFERENÇA.

De QQ forma, passaremos por momentos muito difíceis. Não só no Brasil, mas no mundo todo.


A quarentena é certo? É!
A quarentena é errado? É!
Bolsonaro está certo? Está!
Bolsonaro está errado? Está!
É fácil defender a quarentena em uma casa confortável, com TV, PC, armário cheio, sabendo que se não trabalhar vai haver salário.
É difícil defender quarentena quando o armário já está vazio e que se não trabalhar não tem salário, trabalha de manhã pra comer de noite e o filho tá pedindo comida.
Os médicos veem o lado da saúde: quarentena.
Os economistas veem como manter os insumos para os médicos: economia.
Os líderes veem a moral e o bem estar emocional: calma, é só uma gripe ( para 80, 90% que pega).
A mídia ver
o interesse de quem paga: histeria, distorções, pânico.
Cabe a nós o bom senso, a honestidade e o apartidarismo.
Opiniões rasas no conforto é fácil. Entender que NENHUMA ação tomada vai ser simples, é difícil.
Temos que pensar que toda decisão tem pontos positivos e negativos.
Não seja simplista.
Não adianta falar que tem que seguir a quarentena a todo custo, e não falar sobre os danos pós quarentena onde vai morrer gente por falta de dinheiro pra saúde em geral, aumento da criminalidade, de fome, de depressão e suicídio
Em poucos dias os serviços essenciais não terão condições de continuar a funcionar sem os não essenciais.
A empresa que produz álcool em gel precisa da empresa de plástico que produz a garrafinha.
Sabe os delivery? Jajá vão precisar das embalagens de papelão.
Caminhoneiros com materiais de hospitais precisam de restaurantes, oficinas, borracharias.
E todas esses empresas precisam de outras...
Tem que haver prevenção aos grupos de risco e tem que haver o andar da economia.
Uma coisa depende da outra.
Chegamos ao concenso ou vamos igualmente sucumbir.

Segue alguns dados do Brasil:

11.433 mortes por suicídio em 2.016;
5.653 mortes por desnutrição em 2.017;
1.896 mortes por H1N1 e influenza em 2.019;
142.000 mortes por sarampo no mundo em 2.018.

E, nem por isso, a mídia fez todo esse barulho que está fazendo agora!
Com certeza não é agradável ver nenhum dado referente a morte por que jamais gostaria de sentir essa dor com meus familiares.
É difícil pensar no que fazer quando se a própria mídia oferece tantas dúvidas !
Eu entendo os dois lados !
Só sei de uma coisa! Quero que isso passe logo, de verdade e que Deus tome posse de nossas vidas e que sirva de lição para todos! Deus está em primeiro lugar ! Não o dinheiro, não a viagem, não a casa, não a sua firma e assim por diante, entendaaaaammmm primeiramente precisamos dele sim.


Eu não daria conta de ser igual ao Bolsonaro. Sou medroso! E nem com ele falando assim, vou deixar de ficar em casa. Mas ele TEM que agir assim, ele é o chefe da nação e se colocar mais medo no povo, o país acaba. Ele não mandou ninguém sair beijando ninguém, só tentou deixar o povo esperançoso, igual fez o Trump nos EUA, o Boris Johson no Reino Unido, por exemplo. O Ministro da Saúde é ótimo, e não deixaria ele fazer esse discurso, se não pudesse. E esse ministro só está no governo, pq Bolsonaro é o presidente. Se fosse qualquer outro na presidência, teríamos um veterinário, advogado, ou qualquer outro no ministério, só pra pagar favores políticos. E aí sim, nós estaríamos no fundo do poço. Seria muito mais cômodo pra ele, fazer politicagem igual ao Doria, alarmando a população, fingindo que se preocupa com ela. Assim quase todo mundo ia ficar do lado dele, inclusive quem o chama de Bozo. E ele não perderia eleitores, igual perdeu hoje. Isso mostra que ele não pensa em eleição, e sim em tirar o Brasil do caos. Um exemplo triste é aquele ambulante de 65 anos, que disse em uma reportagem: ou eu morro com o vírus, ou eu morro de fome sem trabalhar. Infelizmente, não é todo mundo que consegue ficar 1 mês em casa sem trabalhar. Grande parte da população trabalha durante o dia, pra comer à noite! Essa é nossa triste realidade.


O presidente disse para isolar os mais vulneráveis, mas muitos não ouviram essa parte, não é possível
Digo desde de já que não quero nenhuma morte por Corona, nem por qualquer doença ou acidente, mas faz parte da vida, infelizmente.

Muito triste a reação de algumas pessoas, mas espera o que!? Em meio de uma pandemia alguns estocam papel higiênico e esvaziando prateleiras de supermercado sem pensar no próximo . As pessoas vivem no drama, no vitimismo e o politicamente correto reina, a grande mídia ou o amigo "intelectual" faz a cabeça facilmente.
Não conseguem entender que o colapso econômico irá causar um mal maior, teremos mortes diretas e indiretas, irão fechar varias empresas, pequenos empresários irão quebrar, o desemprego irá aumentar exponencialmente.
O Brasil lidera ou liderava mortes por armas de fogo, certeza que supera as mortes do coronavírus com o pé nas costas, e por conta disso vamos ficar confinados em casa como medo de ser vitima de bala perdida!? Temos o H1N1 e outras doenças que mantam muito mais e que já colapsam o nosso sistema de saúde que é precário, porque escolhemos construir estádios ao invés de hospitais, afinal não se faz Copa do Mundo com hospitais, não é mesmo!?
Os mais novos e sadios tem que fazer esse país funcionar, eu quero trabalhar e produzir. Avante meu Brasil!

Estou contigo Presidente, você me representa #BolsonaroTemRazão


Estamos num beco com duas possíveis saídas, uma é não parar totalmente a economia permitindo que comércio funcione normalmente e essas pessoas terem a consciência de se higienizarem ao retornar para suas casas além é claro de adotarem posturas de defesa nas suas atividades, outra opção é ficar trancados em casa por um, dois ou três meses e termos o caos instalado por pessoas que não terão como se manter partindo para o saque à mercados , furtos generalizados num desespero total. Com fome somos todos insanos. Acredito que muitas pessoas terão um efeito, caso adquiram o vírus, brando como uma forte gripe, outras nem sentirão, mas todos deverão cuidar para que o outro não se contaminem na convivência social, mantendo distancia uma das outras, evitando o toque, enfim vigiar o tempo todo e preservar aqueles mais vulneráveis. É uma guerra, muitos sobreviverão e outros ainda contarão com tratamentos e infelizmente haverá mortes.
A escolha está nas suas mãos.


10ºEm tempo:
O país não estaria diferente se fosse outro na presidência.
Isso aqui sempre foi assim!
Como ele é a bola da vez, vemos de uma forma nítida sua incapacidade, incompetência e despreparo para lidar com os bandidos da câmara e do senado.
Ele melhor que ninguém sabe como funciona e tirou proveito disso como todos os outros tiram e tiraram o tempo todo.
Ninguém no mundo estava preparado para isso e o que foi feito, foi para rapar o sol com a peneira.
Evidentemente que não dá para fazer o mundo para por 10, 20 ou 30 dias
Aqui piora a situação pelas condições precárias em todos os setores do país(menos da classe política e dos ricos)
Quem está bem economicamente, vai suportar.
E na hora que mesmo com dinheiro, a pessoa não ter o que comprar! Como fica?
O Bolsonaro é isso que estamos vendo, sem novidades!
O vice presidente sumiu, o ministro da justiça sumiu, senadores e deputados sumiram e se alguém acha que o vírus é letal, esperem o segundo semestre!!!


+